bares, noite, conversa fiada, sexta-feira


Bar Getulio - Catete - Rio - RJ

Bar Getulio - Catete - Rio de Janeiro - RJ

Esse é um post extra para me redimir do último ficou um tanto quanto no ar, mas como não dá pra acertar em todas, vamos nessa:

Existem bares e bares. Eu cresci em um. Era um botequinho feio, com duas meses de sinuca e uma porção de gente derrotada que encontrava no álcool o conforto para seus dias miseráveis. Mas existem bares legais, onde há alegria e a vibe é maneira.

Como hoje é sexta-feira, nada melhor para se pensar do que um barzinho depois do trabalho, pra dar uma descontraida. Um bar maneiro, funciona como uma camara de descompressão. Mas para ser um bar maneiro, algumas características devem ser observadas:

  • em primeiro lugar: boa companhia, isso é fundamental. Ir para bar sozinho é meio deprê. Apesar de que, às vezes, ir sozinho pode trazer alguma bela surpresa, mas saiba que isso existe uma mega personalidade, pois ficar olhando as pessoas em volta e estar apenas você e seu copo pode ser meio constrangedor. Então, recomendo que procure companhia quando pensar em ir.
  • em segundo lugar: cerveja gelada. Repare que a ordem é justamente essa: boa companhia e cerveja gelada. É como um arroz com feijão, quando você tem um e não tem o outro, fica um vazio. E o que fazer se a cerveja nao estiver gelada? Ora, procure outro bar.
  • em terceiro lugar: ambiente alto astral, não vale aquele bar que tá todo mundo com semblante caído antes das 23h37. Depois desse horário tudo bem, mas antes não. Repare quando chegar a um bar: mais da metade das pessoas está com o semblante caído e olhar fixo no copo? Se sim, fuja para outro. Bar é igual ponto de ônibus, se você andar um pouco mais, acaba achando o outro.
  • em quarto lugar: petiscos. Petiscos são importantíssimos e não estou falando de torresmo, ovo azul ou moela (o bar Getulio, que ilustra o início do post tem uma moela sensacional, passe lá um dia e peça, se disser que me conhece, não vai mudar nada e eles nem vão saber quem é, mas enfim, vá lá que é legal, ah, peça também o pastel de camarão com catupiry, é muito bom), estou falando de pestiscos para acompanhar os aperitivos. Aquele petisquinho que forra legal e que ajuda a bebida a decantar com mais suavidade dentro de você. O perigo dessa parte é a balança, se você der mole, ganha uns kilinhos a mais fácil fácil só nas isquinhas de filé com fritas ou nos kiebers da vida. Portanto, fique atento, a porção de hoje deve ser a caminhada de amanhã.
  • em quinto lugar: boa música, é legal quando tem música rolando. Ajuda a manter o clima pra cima. É ruim quando a música cai para um tecno-brega da vida. Mas aí, é o caso de você descobrir antes de ir, qual o estilo musical do bar.

Bem, já temos boa companhia, cerveja gelada, ambiente alto astral, petiscos e boa música. O que falta agora? Na verdade, essa é a infra-estrutura para que se tenha uma boa conversa e momentos maneiros. Sabe aquela conversa fiada, aquele bate-papo gostoso, descompromissado. Então, é isso, bar é lugar disso. Todo o restante que falei antes deve funcionar como catalizador de momentos alegres. Assim, você consegue fazer uma higiene mental. Existem outras formas de fazer higiene mental? Claro, mas hoje é sexta, logo, nada melhor do que um barzinho com isso tudo para fechar a semana bem, tendo ela sido boa ou não.

Sobre as conversas botequianas, penso que o bar é como se fosse um território neutro, um tipo de zona desmilitarizada. Lá você pode falar o que quiser sobre qualquer coisa e, de acordo com o livro não escrito da vida, nunca irão lhe contrariar. O máximo que poderão fazer, caso suas opiniões sejam extremistas demais(chatas) ou absurdas, é mudar de assunto.  Várias das conversas de bar acabam se tornando interessantes, funciona meio que como um Discovery Channel, em que você  ouve desde o estouro do Mentus na garrafa de Coca-Cola até os 10 anos de governo de Chaves na Venezuela (sendo que se falar de Chaves, não raramente,  alguem irá dizer algo sobre o seriado mexicano e lembrar do seu Madruga e ir puxando outro assunto por aí vai…). Logo, é um lugar para você recarregar seu estoque de cultura inútil e também ficar a por dentro que as outras pessoas tem pensado sobre diversidades. Essa é a questão, mesa de bar é um lugar para conversas diversas. Daí tu fala bobagem, ri das que ouve e fica feliz. Sabe, pra mim, Voltaire tava tomando uma Skol quando disse: “não concordo com nenhuma palavra do que diz, mas defenderei até a morte o direito de dizê-las”, tem mais cara de boteco do que essa frase?

Bem, é isso, pense sobre dar uma relaxada num barzinho hoje a noite.

Até a semana que vem.

ps.: este que vos escreve não ganhou um puto pra fazer a divulgação gratuita do bar Getúlio aqui, mas como o bar é maneiríssimo, faço com prazer. Aproveitando, vejam a aquarela que o João Barcelos pintou da frente do bar. Ficou sensacional, o Getulio é o de azul, no centro da pintura.

Anúncios

5 pensamentos sobre “bares, noite, conversa fiada, sexta-feira

  1. bom… bares e coisas afins…
    Meu sogro costuma dizer que se você não está conseguindo resolver os seus problemas é porque você está bebendo no bar errado. No bar certo, você encontra o eletricista, o pedreiro e o cara que trabalha na prefeitura que vai “destravar” os documentos do Habite-se.No bar certo, você encontra o cardiologista, o endocrinologista e o neurologista que ajudarão a consertar o estrago feito pelos petiscos e excesso de bebida. No bar certo você encontra o cara que frequenta a igreja, o que frequenta o terreiro o que visita os dois e o ateu; o filósofo, o artista, o machão e o homossexual, o analfabeto, o “doutor”… todas as tribos convivendo harmonicamente, democraticamente…
    Tô exagerando?? tô não!!! você que ainda não encontrou o bar certo!!! rsrsrsrsrs
    mas, olha só: procure com moderação!!! afinal, nenhum petisco é de graça!!

  2. Pingback: sair a noite (assunto complementar do post « Pense sobre

  3. Pingback: o terceiro elemento « Pense sobre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s