plasticine


Massa de modelar - publicado em www.firebox.com

Massa de modelar - publicado em http://www.firebox.com

Você é do jeito que você é ou do jeito que gostariam que você fosse?  Imagino isso como um continuum no qual nos deslocamos para um lado e para o outro ao longo da vida. Conforme os anos passam, vamos aprendendo mais sobre a vida e mais sobre nós mesmos (mesmo isso vá reforçando aquela velha conclusão de que quanto mais se aprende, menos se sabe). Daí pode-se optar por quais características manter  e quais não (como foi falado nesse post aqui).

A maneira como a pessoa se porta muda ao longo do tempo. Mudar de comportamento por vontade própria é saudável, pois é algo que ocorre, normalmente, em função do amadurecimento. Todavia, mudar de comportamento apenas para ser aceito é arriscado pois ninguém consegue mentir pra si mesmo por muito tempo.

Há quem se comporte como massa de modelar, moldando seu jeito de ser de acordo com as cobranças diretas ou indiretas da sociedade. Como uma forma de conseguir aumentar sua auto-estima mediante a aceitação. Por outro lado, há aqueles que vão esculpindo seu jeito de ser, planejando as mudanças com objetivos específicos, não para satisfazer outras pessoas, mas para se sentir bem consigo mesmo.

Análogamente, considerando a longevidade das coisas, pode-se pensar que uma figura feita em massa de modelar é muito mais frágil do que uma esculpida em pedra sabão ou entalhada em madeira. Logo, é preferível mudanças duradouras e consistentes do que frágeis e breves.

Há uma música do Placebo que fala sobre isso chamado Plasticine. Plasticine é o nome do material de que é feita a massa de modelar. Abaixo segue o clip e a  letra.

Massa de modelar (Tradução de canção Plasticine da banda Placebo)

“A beleza está nos olhos
De outro sonho jovial
Que não vende sua alma por auto estima
Que não é como massa de modelar.

A beleza está dentro do desejo
E de todo coração inconstante que se redime
Que não vende sua alma por auto estima
Que não é como massa de modelar.

Não se esqueça de ser do jeito que você é

A única coisa na qual você pode confiar
É que você não pode confiar em coisa alguma
Não saia por aí vendendo sua alma por auto estima
Não seja massa de modelar.

Não se esqueça de ser do jeito que você é
Do jeito que você é”

É isso, pense sobre.

Anúncios

2 pensamentos sobre “plasticine

  1. Interessante esse assunto, principalmente para quem está em contato com pessoas que passaram por experiências como as citadas no texto.
    Tenho dois exemplos:
    O primeiro é de uma pessoa muito, muito próxima a mim, que ha algum tempo tinha um comportamento explosivo, intolerante, frio, grosso, etc. Porém, eu interferi (não sei se fiz certo) e mostrei a essa pessoa o quanto era ruim esse comportamento, o quanto isso fazia com que as pessoas se afastassem, ou nem se aproximassem dela. Assim, essa pessoa se esforçou para mudar sua forma de agir, e conseguiu. Hoje, ela tem muito mais colegas e amigos que antes. E, apesar de, às vezes, ainda se irritar com algumas pessoas, se sente melhor com esse novo modo de ser e agir.
    O segundo exemplo é de uma pessoa que tem as mesmas características da primeira, porém tem grande resistência em mudar algumas coisas em seu comportamento e melhorar seu relacionamento com os outros. Tenho que dizer que ele sofre um pouquinho com isso, pois não é muito aceito.
    A conclusão que tiro disso é que, às vezes, se remodelar é necessário. Porém, só é válido se o indivíduo realmente quiser se remodelar, pois como foi citado no post, ninguém consegue enganar por muito tempo. Uma hora a máscara cai.
    Penso que a questão seja relativa, pois vivemos num impasse entre sermos nós mesmos e, talvez, sofrermos com isso, ou nos sujeitar a nos adequar às exigências da sociedade se quisermos ter pessoas ao nosso redor.

  2. Pingback: completar ciclos « Pense Sobre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s