Mestrado (Jedis e Siths)


Indumentária Jedi
Indumentária Jedi

Um Mestre pode ser:  aquele que dá aulas; um é perito, especialista ou versado em qualquer atividade, ciência ou arte; uma pessoa que tem muitos conhecimentos; um guia espiritual, mentor; e por fim, pode ser também a pessoa que concluiu o mestrado.

No que tange a vida acadêmica, é necessário fazer, por cerca de dois anos, uma pós-graduação Stricto Sensu para se obter o título de mestre. Ao longo desse período, a pessoa irá cursar os créditos (disciplinas) do programa em que está matriculado e redigir uma dissertação acerca de uma pesquisa que ela deverá desenvolver. Pesquisar apenas para se obter o título é algo um tanto vazio, além de egoísta. Há que se pensar na contribuição que a pesquisa pode dar para a ciência. Adicionalmente, quando a pesquisa pode envolver alunos de graduação em regime de iniciação científica, ela se torna ainda mais rica pois a reboque está envolvendo de maneira mais profunda estudantes no universo acadêmico e, possivelmente, influenciando em sua trajetória futura. Adicionalmente, é interessante que sejam produzidos artigos científicos para que sejam publicados em periódicos (revistas) especializados na área do saber relacionada à pesquisa.

A publicação de artigos científicos, normalmente de assuntos inerentes à pesquisa, é importante para estabelecer diálogo com a comunidade científica internacional. Entre os benefícios disso, pode-se citar que no caso do artigo corroborar com alguma teoria, irá cooperar para que ela seja fortalecida. Por outro lado, se o artigo for divergente, também irá contribuir pois será necessário que os pesquisadores revejam seus referenciais teóricos, métodos e etc. Outro ponto a ser salientado é que aprovar a publicação de um artigo numa revista séria é uma tarefa árdua, pois existe um crivo de avaliadores que irá garantir a qualidade do material que será veiculado no periódico.

Sobre publicações de artigos, há uma série de 6 livros publicados (clique aqui para ver) pelos Professor Gilson Volpato (ele é uma referência no assunto, clique aqui e veja seu currículo lattes). Ele exerce a carreira de docente há mais de 30 anos e, em suas próprias palavras, começou a escrever sobre o assunto quando notou que havia uma carência de materiais simples e focados nas questões mais importantes desse atividade. A partir de um método lógico, ele descomplica a montagem desse quebra-cabeça a partir da “imagem final” que se pretende apresentar, decompondo-a peça a peça até se chegar à caixa. Isto é, partindo a conclusão do estudo, o pesquisador conseguirá dizer com mais clareza em quais sua conclusão foi embasada. Desse modo, também será mais fácil descrever a metodologia usada para se chegar aos dados que levaram aos resultados que embasaram a conclusão. Por fim, o pesquisador deverá, com seu referencial teórico, discutir quem já pesquisou algo relacionado àquele assunto e quais os argumentos mais relevantes.  Bom, em linhas gerais é mais ou menos isso que ele fala, mas seu material é bastante farto e seu curso presencial de Redação Científica também é excelente, abrilhantado pela sua simpatia e simplicidade, dignas de um Mestre Jedi(!?).

Mas o que um mestre jedi tem a ver com as calças? Explico, na mitologia de Star Wars, o Mestre Jedi é o sujeito que demonstra devoções e habilidades excepcionais na Força (no lado negro da força, o título equivalente é de Lorde Sith). Os Jedi lutam em prol da paz e da justiça na República Galáctica e para tornar-se um é requerido o mais profundo comprometimento e mente astuta.  No entanto, assim  o Jedi tem seu oposto, os Sith, a vida real tem profissionais que são atraídos pelo lado negro da Força, com condutas guiadas pelos interesses pessoais e com pouca ou nenhuma dose de ética e moral. Infelizmente, isso se alastra para diversas áreas da vida, seja vida profissional ou vida acadêmica, iniciativa privada ou pública. Para combatê-la, inspirar-se na fantasia pode ser um caminho, levando uma vida digna e justa, fazendo um trabalho sério e responsável. Enquanto padawan, digo, mestrando, esse é o caminho que pretendo seguir.

É isso, pense sobre vida acadêmica e conduta Jedi.

Extra:

Pra quem se interessou pelo material do prof. Volpato, seguem alguns links relativos ao Curso “Estruturação de Artigo Científico Internacional”

1.     Curso “Bases Teóricas para Redação Científica

2.     Currículo Lattes

3.     Leia entrevista Fapesp “Método Lógico para Redação Científica

4.     Leia entrevista Fapesp “Bases Teóricas para Redação Científica

5.     Leia entrevista Fapesp “Dicas para Redação Científica

6.     Leia entrevista Fapesp “Pérolas da Redação Científica

7.     Veja entrevista sobre “Ciência e Bem-estar Animal

8.     Ouça entrevista sobre curso online “Rádio Unesp – Perfil Literário

9.     Ouça entrevista sobre livro “Pérolas da Redação Científica

Anúncios

3 pensamentos sobre “Mestrado (Jedis e Siths)

  1. Wesley,

    Lendo um dos livros do Gilson Volpato (Pérolas da redação científica), e simultaneamente, analisando nossa realidade de “padawan”, passo a concordar cada vez mais com as idéias e dicas do Volpato.

    Adorei o texto!

    Te amo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s